o sino e o som

eu sou o sino e o som
e a fúria
o sermão
a soberba
o sabão
a sujeira
o sermão e a cegueira

eu sou o sino
se o se se sabe
si em si não
e aí, sou sério
ou sou sarro e saio
o super-homem no jornal
me soa super superficial

eu sou o som
sou o sinto
e sinto, sei
sinto o sou
e não sei
sou o sei e o não
sei o sou e o senão

o sino e o som
sou são somos sou
sexo sagrado
sol e sombra
sal do suor
descanso enfim
sou o sono e o sim

eu sou o sino
a sinfonia
a surdez,
sempre e
sábado
o segredo e a surdina
eu sou a sina

eu sou o sino e o som
algo sacode dentro de mim
que tento ir além e não vou
não vou e dói mas dói e vou
a dor me torna maior
enquanto aviso a todos
que já é hora

eu sou o sino
o som
o sangue
e
não importa o que for,
eu sei que você sabe —
já é hora

/
/
/
/
/
/
/
/
/
/
/
/
/
/
/
/

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s