Mizu

Às vezes me sinto figurante em sua vida. Sabe aquela garrafa de vidro com água gelada que fica na porta da geladeira? Você só lembra-se dela quando chega em casa, com sede e sem mais nada pra beber ou fazer no fim de um dia cheio: cheio de coisas boas ou intermináveis horas de trabalho. Aquela água é a última salvação, porque ela sempre estará lá, te esperando por semanas.
  Ser figurante não é nada ruim, porque eu estou ali por algum motivo, mesmo que não declarado, eu ocupo o vazio de um cenário e ao mesmo tempo em que sou colocado bem ali, é como se eu sempre estivesse ali, desde quando o cenário nem cenário seria.
  E então, me percebo uma garrafa de água velha na geladeira cheia de frutas, e ali permaneço para um novo dia de sede que virá, e que, sem escolha, escolhido serei.
  Dias se passaram. Meses. Ano. E dou-me, enfim, conta, de que sou figurante de mim mesmo e que detesto água gelada, mesmo em dias escaldantes.

 
 
 

Anúncios

One comment

  1. Beatriz · Março 26, 2013

    Eu já me senti assim…ai preferi me jogar da porta da geledeira

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s