Águas de março

Hoje você me abraçou como abraçou ontem e no domingo. Nada mal sentir seus braços em meu corpo. Nada mal porque é sempre bom, já não é mais raro… A gente se permitiu mais um instante que se prolonga por mais um ano. A resistência é baixa e a conta é alta. Mas a gente parcela e descobre que não está só no mundo das (auto)cobranças.
  Nesse mesmo dia de hoje, eu encontrei uma amiga, que me fez rir e sentir desejo, como não sinto quando você me abraça. Talvez porque ela não me abrace quase todos os dias, talvez porque o mundo das cobranças é o mundo onde todos vivem.
  Na tarde desse mesmo dia eu desejei outras pessoas, fiz mosaico e ri no final. Tropecei na calçada e voltei pro mundo. Traí em silêncio com o auxílio das boas memórias de um passado cretino, mas nada arrependido.
  Na noite de hoje, você sai como quem não faz questão nenhuma de abraçar ninguém na vida.
  Amanhã você me abraça, eu sinto calor, olho para os lados, mas estou te ouvindo.

 
 

Anúncios

One comment

  1. throwingaway · Fevereiro 7, 2013

    é sempre bom. não é mais raro.
    a verdade é eu que morro de medo de acontecer a parte do desejo por outra pessoa.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s