Guardanapo do Café

Rio de Janeiro, fins de novembro…

Surpresa. Memórias. Museu. Cicatrizes. Na coluna. Na nuca.
Ser surpreendido quando sempre se fez surpresas.

Amor líquido
refaço os passos
As memórias são onipresentes
com fantasias diferentes
para cada pessoa.
Som de piano no fundo.
O piano chegou.
Paquetá.

  Tempos depois envelhecemos ou vivemos.
  Diversos trechos, sempre separados, nada ou quase nada de postais. Fui te ver para testar meu poder de sedução e fui pego pela saudade vestida de recordações e minha sedução ficou ínfima perto dos meus sentimentos que transpiraram ao te ver, tão mulher, tão presente. Nada muito diferente do que eu imaginava sobre você, agora também escritora, meio arrogante meio tímida, meio elegante ou corajosa.

Anúncios

3 comments

  1. Pedro Lopes · Maio 27, 2012

    O ”agora também escritora” trouxe um sentimento extremamente triste por aqui… gostei!

  2. Danilo Crespo · Maio 28, 2012

    Meio arrogante meio tímida

  3. vasla · Maio 29, 2012

    gostei! uma boa imagem, uma bela paisagem da reflexão no guardanapo. =) beijocas

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s