Horas-Passarinho

 
Alguma coisa deu errado.
Vamos esperar lá em cima.
Vivos até não poder mais.
Invernos corridos são cansativos.

Eu confiei que você me acordaria
pra ver o sol nascendo outra vez.
Tudo está acabando por aqui.
Você é minha chuva em dia de sol.

No casaco de moletom,
com aquela velha saia esquisita,
alguma coisa me lembrou
ficar deitado depois do almoço.

E a gente ficava contando o tempo
Pra morrer, com só dezenove anos.
Cinco horas atrás, uma adolescente:
estranha, fumando cigarro e pensando.

Nós dois cantávamos, éramos cantores.
Mas nem tínhamos uma canção.
  

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s