Quando menor

 

  Nas nossas andanças, a floresta ao redor tem uma grande árvore de madeira como um prédio principal. Ele aponta e me diz isso e eu penso quando olho de rabo de olho que quero comprar seus olhos e percepções esquisitas e músicas desconhecidas. Quero comprar da sua alma, porque deve ser o único jeito de conseguir isso tudo. Ele me dá menos do que eu e ele queríamos.
  Em frente à árvore, ele coça a barba. Eu coço o queixo sem nada. E não vamos além de apenas isso.

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s