2 de novembro de 2009

  
As noites de domingo são chatas e frias.
Eu sinto falta de muita coisa.
Minha cabeça não parece querer me ajudar.
Ela também trabalha contra a mim.
Eu reclamava, mas tudo com você era mais fácil.
Era tudo tão fácil e ficou tão difícil.
Eu nunca fui boa com segredos e não conseguia mais esconder.
Também nunca gostei de mentir.
No final das contas você descobriu.
A única coisa que eu tinha que fazer era não sentir.
Mas você soube por muito tempo e sentiu também.
A gente não podia falar, mas nossas mentes eram claras nos nossos olhos.
Nós sempre fomos perigosos juntos.
Eu tinha medo das faíscas.
Mas as noites de domingo são frias.
Eu sinto falta de muita coisa.
Hoje aprendi que meninas sempre falam a verdade.
Mas eu era proibida de dizer e doía não ouvir.
A gente não podia falar. Mas não tinha jeito.
As nossas mentes eram muito claras nos nossos olhos.
Queria ter quem cuidasse de mim.
Queria fazer isso por você.
Como vai ser dessa vez?
Quem vai te ligar depois de amanhã?
 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s