Desde o início

 

– Não gostei do filme.
– Não?
– Não.

Ela me disse que havia gostado, porque achou aquilo tudo muito real, quase o nosso mundo (quase porque nós somos a parte da classe média que não tem dinheiro pra estudar na PUC) – falou que ele parecia um conhecido, o filme – Apenas o fim – parecia o filme de um amigo que ficou famoso. Então, nós deitamos lado a lado no colchão que ficava no chão que era minha cama.

– Vamos brincar do jogo do filme.
– Que jogo?
– Do de perguntas e respostas.

Depois de propor isso, ela me perguntou qual era minha brincadeira preferida quando eu era pequeno. Pensei e ela acrescentou: “Pensar não vale, tem que falar a primeira coisa que vier na cabeça”, então logo falei “Brincar de boneco, como todos os garotos. Depois, mega-drive. E futebol”.

– De Comandos em Ação?
– Não, eu preferia outros… Adorava meu Jaspion e o gigante guerreiro Daileon.
– Hm…

Devolvi a pergunta. “No nosso jogo não vale repetir pergunta”. Ok, então avancei um pouco no campo da infância: primeiro beijo. Ela também não pensou e disse logo: Marcel Nunes. “Beijo bobo, ele era feio, mas era o meu par na festa junina da sétima série e eu achei que tinha que dar um beijo nele, porque sei lá, a gente era marido e mulher”. Eu ri, mas não aceitei: primeiro beijo de verdade! selinho não vale. Ela olhou pra mim: Marcel Nunes. “Logo depois do meu beijo bobo”. Eu ri de novo.

– Com quantas já transou?
– Sete – respondi sem pensar. – e você?

Ela se levantou com o celular no ouvido e fingiu alguma coisa por alguns minutos, depois voltou e mudou de assunto. Eu falei que sim, que podíamos comprar bolinhos quando fossemos à locadora entregar o filme, mas pedi a ela que me respondesse à pergunta que ela mesma tinha feito.

– Não vale repetir pergunta.

A minha querida namorada riu e pôs o dvd na caixa, me deu um beijinho e se levantou. Ela tinha aquilo tudo planejado desde o início e eu não podia fazer nada.

– Você é muito maquiavélica, assim não vale. – e fui atrás dela.

 

Anúncios

One comment

  1. Juliana Dias · Junho 17, 2010

    Hahaha
    Boa…
    Eu nunca pensaria nisso, talvez porque já saiba demais… ¬¬

    A Din é realmente sincera. Acho que as meninas em geral sempre acabam se perguntando isso em algum momento.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s