“Vivemos esperando dias melhores…”

 

  O que realmente somos? O que realmente deveríamos estar fazendo? A odisséia tomou um rumo que nos prende em um ciclo vicioso impossível de ser quebrado. Alguns valores foram colocados no pedestal do desejo com a concessão de todos. E nós sabíamos que isso não era o certo. Os acontecimentos da madrugada de 6 de abril de 2010 vão entrar em minha memória como uma manhã de 2003 na qual, o poder paralelo (tráfico) fechou a cidade.
  E porque isso? Porque uma madrugada chuvosa* em Niterói possui tamanha importância? Por que essa madrugada me fez lembrar de que estou em Niterói. De repente meu mundo se limitou a minha rua. Eu não tinha luz, não tinha acesso à informação e não podia sair da minha casa. Aquele mundo que se mostrava tão pequeno via twitter ficou gigantesco. O mundo continuou e Niterói parou. A academia que não fechava por nada (funcionava até nos feriados) fechou por falta de professores. A famosa ponte “Presidente Costa e Silva”, digo, Rio-Niterói fechou. O telefone ficou maluco (enquanto escrevo este texto ele toca sem ter ninguém do outro lado da linha) e a internet… Saiu do ar.
  Ai nessa situação ilhada, na qual, vejo pessoas próximas a minha pessoa perderem tudo (a quitanda do lado de casa caiu, o segurança da rua perdeu mulher e filhos etc.) penso mais uma vez no valor da existência. Ihhhh fudeu lá vem o Joca. Não, é sério. Porra pra que viver como se não existe ninguém? Pra que viver se enganando pensando que o mundo é pequeno? Para que viver acreditando que tudo é simples? Meu Deus, o próximo é infinitamente complexo como você é. E basta existir uma simples chuva para todos serem iguais, todos ficam sem luz, a casa de todos caem (caiu uma casa de um magnata na estrada froez, uma rua de ricos, em Niterói) e todos ficam presos em suas casas sem poderem trabalhar, estudar, consumir, enfim, gozar dessa “vida maravilhosa”.
  Como chegamos aqui? Já sabemos. Como sair disto? Já sabemos. O que vai acontecer se continuarmos nisso? Já sabemos. E porque continuamos nessa merda? Já sabemos. Agora a questão seria, será que o desconhecido seria tão ruim ao ponto de nem tentarmos? Que confiança é essa no amanhã que temos? Será mesmo que todas as coisas vão ficar bem? O mito da caixa de Pandora dizia que os Deuses enviaram aos homens uma caixa e a primeira mulher (pandora) como “castigo”. Bem, vejamos. Sobre a mulher ser castigo devemos enfrentar o mito como homens amam mulheres e brigam entre si por elas. E também porque na natureza feminina existe uma essência de dissimulação sim, pronto falei. E é por isso que o mito funciona. Porque os deuses dão a caixa e avisam para a caixa nunca ser aberta e Pandora engana o marido e abre a caixa. Ok chegamos ao ponto da história que queria. Os Deus mandaram uma caixa que não poderia ser aberta e mandaram alguém para abri-la. No momento que Pandora fez o que lhe foi proibido ela libertou da caixa todos os males que afetam a humanidade até os dias de hoje. Porém, no fundo da caixa existia algo que não se parecia com um mal. Depois de tudo saiu uma pomba verde que em suas asas estava escrito “esperança”.
  “Meu Deus que história bonita! Os Deuses colocaram a esperança junto com todos os males para nos ajudar!”. NÃO! Por favor pare de ver essa história assim. A esperança estava lá dentro porque ela é extremamente ambígua. Se estamos aonde chegamos é porque acreditamos que amanhã o sol vai nascer e tudo vai ser lindo e maravilhoso como já foi. E assim continuamos sem lutar, seja por questões sociais e ecológicas. Afinal de contas mês que vem um cientista maluco vai curar nosso planeta dos gases poluentes e um sociólogo vai fazer uma tese de doutorado hiper-mega-fodastica e acabar com a questão social. E neste dia eu acredito que os continentes vão se unir de novo e vamos chamá-lo de Utopia. Ah qual foi? No fundo, no fundo o que você pensa não é longe disso.

*morreram mais de cem pessoas nesta madrugada e mais de dois mil ficaram desabrigados

Anúncios

2 comments

  1. Carol Schenck · Maio 16, 2010

    Nooossa, que texto lindo.
    Nunca vi alguém falar de um assunto tão real de tal modo.
    E realmente não sei se eu leria esse texto se não tivesse feite deste modo. Muito bom, parabéns !

  2. Dos Sonhos · Maio 16, 2010

    Bom, gostei da visão sobre a Esperança, eu percebo isso também. Esperança parece tudo, mas nada muda sem que alguém, sem que VOCÊ faça a mudança e as pessoas deixam isso passar e ficam na esperança. Gostei do texto.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s