Sonhos x Realidade

 

Dia 27/03/2010- Minha cama

  Tinha um cachorro vira-lata legítimo, o que lembro mais é que ele era meu companheiro e quase sorria ao me ver. De incomum, o fato de gostar de água, e como gostava o danado. Mas só tive ele por uma noite, Foi um bom sonho.
  Na realidade, tudo que tenho é uma mosca, sim uma mosca. Ela anda aqui pela casa e me faz companhia. Ela gosta mais de ficar perto de quem está comendo, ou do lixo.
  Mas que cachorro não é assim também?
  Quando não tem mais ninguém em casa ela fica no meu quarto comigo. Não é dada a carinhos mas sei que me entende quando me observa com seus olhos confusos. Acho que gosto dela desde que ela me escolheu. Ela veio sem família parar aqui, e eu acolhi. Percebi que na junção de duas solidões… Bem, não existe solidão no plural.

Dia 8/10/2009 – Parque Lage, num banco.

  Sonhei com morangos brancos, poderia isso acontecer com naturalidade, já que era sonho, mas me era de certo modo aterrorizante. Dormia num banco verde desses de madeira que tem em praça, era de tarde e eu entrei num sono profundo a ponto de sonhar. Olhava e olhava os morangos, mas eles permaneciam brancos. Nada de vermelho. Acordei e não pensei duas vezes. Abri a bolsa e peguei um pote cheio de morangos. De tão afoita que abri, rolaram e se espalharam morangos. E também um liquido vermelho, em imediata mancha no vestido azul.

Dia 01/04/2010 – num colchão no chão

  Entendia que ela era uma cigana, mas de modo algum parecia com uma, usava uma máscara que cobria todo seu rosto foram segundos, a vi desfaleci em seus braços. Ela tinha uma espécie de mordomo que a seguia, me lembro de ter o cabelo apenas nas laterais da cabeça e manter um sorriso enigmático atrás das bochechas enormes . Lembro que logo atrás havia uma piscina de plástico, e entendia de alguma forma que era onde iria parar.Acordei com febre, ou com o fim dela, suava muito. Dias depois numa tentativa vã de entender procurei o significado desse sonho. E eis que encontrei. ‘Deve ter muito cuidado com intrigas maquinadas por pessoa que se faz passar por amiga.’

Dia 02/04/2010- Minha cama

– Oi tudo bem?
– Tudo.
– Diga lá…
– Estou aqui na Cantareira com o Vinicius, e alguns outros amigos.
– Eu também estou aq..
  Telefone desliga e na Cantareira um vulto preto tenta me pegar, eu então percebo que não estou lá em corpo sou apenas outro vulto, só que branco.
  Acordo confusa e apavorada, espero o telefone tocar de novo, afinal a ligação caíra. Ainda bem que estou aqui na minha cama sã e salva, me dou conta que talvez nem tenha falado ao telefone. Olho as últimas chamadas e ninguém ligou.

 

Anúncios

3 comments

  1. Dos Sonhos · Abril 5, 2010

    Gosto muito do primeiro, gosto da mosca, é bem legal ter uma mosca de estimação.

  2. Juliana Dias · Abril 6, 2010

    Eu tenho uma mosca de estimação dentro da minha cabeça! =) hahaha (vejam Ilha do Medo)
    Só a dona Maracujá para dormi em todos esses lugares diferentes! Eu quase nunca sonho… mas quando sonho sempre são coisas bizarras!!

  3. Danilo Crespo · Maio 6, 2012

    Anos depois, reli isso e repetiria meu comentário. Mas acrescentaria uma coisa: o segundo, o segundo também é excelente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s