Who does?

 

  Naquele momento: um velho Russo olha para a janela, em Igarka, com sua garrafa de Vodka na mão. Um garotinho internado num hospital em Mogadíscio, Somália, pensa que é a guerra cívil. Duas moças atravessam a Abbey Road imitando os Beatles, na Inglaterra – elas levam um susto. Sozinho, em seu quarto – um garoto de quinze anos islandês – acha que o centro do universo é ele e é por isso que aquilo está acontecendo. Um peruano de Lima, lá pelos 30 anos, está alucinado e acredita que é apenas uma alucinação. Uma jovem norte-coreana nem percebe nada por causa do rosto afundado no travesseiro. Uma criança de Iowa, Estados Unidos, dá graças a Deus por aquilo. Um monge budista indiano chora. Uma idosa na Tasmania morre um segundo antes.
  Um casal de cariocas assiste a tudo explodir semi-nus, da janela de um apartamento do 15º andar. O prédio é danificado e o homem perde equilíbrio e cai no chão. A mulher – no caso, a amante dele – sai da cozinha com duas garrafas na mão:
– Qual você vai querer…?
  Outra explosão acontece e estilhaços destroem o vidro da janela. O homem responde, rindo:
– Pra mim, tanto faz: ou Red Label, ou Ice.
  Ou Ice.

 

Anúncios

3 comments

  1. Juliana Dias · Março 8, 2010

    hahahah
    Como diria o grande poeta…
    “Pra mim, tanto faz: ou Red Label, ou Ice.
    Ou Ice”.

  2. André Collier · Março 24, 2010

    kkkkkkkk

  3. Danilo Crespo · Setembro 20, 2011

    Algo que eu gostaria de explicar, mesmo que tardiamente: o título refere-se às últimas palavras do filme Blade Runner.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s