Para Liz

 
Foco. Vai viver por si só.
O amor acabou. A festa acabou.
Volte para o seu lar.
Ah! O confortável casulo.
É o molde pra vida.
Se precisar, faz outro.
Não te preocupas, que não é eterno.
Só dura um instante.

A vida é instante.
Um pacote deles.
Tantos assim!

Menina, chacoalha-te. Sozinha.
A caminhada pode ter flores, pássaros.
Pode ter silêncio. Estrelas.
Escuridão e sol nascente.
Mas é vácuo. Com eco.
Terás o que quiseres.
Somente.
Sementes.

Ninguém vai te fazer feliz.
Não existem pessoas, isso é invenção sua.

É um grande corredor.
Essas portas são de mentirinha.
Você pode “desinventá-las”
A qualquer momento.

Viva por si mesma.
Esqueceu? A dança é tua e de mais ninguém.
E a solidão é bem mais bonita do que pintam.
É liberdade.
Já provou?
Eu sabia que você ia gostar.

Não esquece.
Apreende. E aproveita.
Vai, estica os braços e vai.
As pernas sempre acompanharão.
Respira fundo, agradece e vai.
Vá.

[Meados de dezembro de 2009]

Anúncios

2 comments

  1. maracuja · Janeiro 8, 2010

    Vai, estica os braços e vai. \o/

  2. Bella · Janeiro 11, 2010

    Estiquei os braços e fui.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s